sábado, 12 de dezembro de 2009

Governo Popular fará parque de bairro na Sacramenta, junto com obras do elevado:

O Ação Metrópole apresentou aos representantes da Comissão de Fiscalização (Cofis) da área do elevado o projeto do Governo Popular de construir um parque de bairro, que prevê áreas de passeio, espaço para a terceira idade, com equipamentos de ginástica, skate parque, anfiteatro, ginásio, quadras, parque infantil, estacionamento (90 vagas) e áreas de apoio, com posto da Polícia Cidadã, infocentro do NavegaPará e praça de alimentação.Por solicitação dos representantes da comunidade, a coordenadoria de Planejamento e Gestão do Ação Metrópole incorporou ao projeto um centro comunitário e mais dois banheiros adaptados para o uso de pessoas com deficiência. O parque será construído em uma área de três hectares, remanescente do aeroporto Júlio César. A apresentação do projeto aconteceu na sede do Ação Metrópole, na Sacramenta.Carlos Diogo, 54 anos, integrante da Comissão de Fiscalização (Cofis) do elevado da Júlio César, disse que o projeto valorizará a Sacramenta ao garantir espaço de esporte, lazer e convivência aos moradores, que não contam com uma área deste porte para o exercício da cidadania. E o melhor: tudo está sendo debatido com a comunidade. "Pela primeira vez a comunidade está sendo ouvida. Sabemos do que os moradores precisam, sabemos das necessidades, afinal, nós que vamos usufruir. Eu gostei do projeto. Ficou muito bom. Com certeza, essa obra [o Ação Metrópole] será uma das melhores de Belém", argumenta o morador.Com uma área de 36,7 mil metros quadrados, o parque será inaugurado junto com a obra do elevado, até maio de 2010. Além do espaço interno do parque, o Ação Metrópole também apresentou as intervenções na área do entorno, entre elas as duas passarelas que serão construídas, uma para travessia na Júlio César, próximo ao quartel do Corpo de Bombeiros, e a outra na Avenida Pedro Álvares Cabral. As duas estruturas serão adaptadas para pessoas com deficiência.O Ação Metrópole é a maior intervenção já feita nos últimos 20 anos pelo Governo do Pará, nos sistemas viário e de transporte público da Região Metropolitana de Belém. A abertura de novas vias e a criação do sistema integrado de transporte beneficiarão 2 milhões de pessoas da Grande Belém, melhorando as condições de mobilidade entre as áreas de expansão e o centro da capital e a qualidade de vida das comunidades no entorno das obras.Independência - Com o Ação Metrópole, o Governo Popular também incorpora à região metropolitana um outro espaço de lazer, cultura, esporte e educação ecológica, com a revitalização do Parque Ambiental de Belém, cuja área equivale a três vezes o Jardim Botânico Bosque Rodrigues Alves. Lá serão construídos dois pórticos nas entradas, sendo um no conjunto Médici e outro na própria Independência; um quiosque multiuso; um centro de referência para formação de agentes ambientais; um reservatório elevado para 10 mil litros; um centro de triagem de animais silvestres; trilhas e estivas nas partes de várzea e de uma ponte sobre o Canal São Joaquim.Além disso, será executado o georreferenciamento, recuperada uma área de 7 hectares, com plantio de espécies amazônicas endêmicas e, também, enriquecida a flora do parque com espécies ameaçadas de extinção.

Nenhum comentário: