quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

PT cresce na preferência da população, aponta pesquisa Vox Populi:

O Partido dos Trabalhadores vem crescendo de forma significativa na preferência da população brasileira. De acordo com pesquisa da VoxPopuli, realizada entre 31 de outubro e 5 de novembro em 170 municípios do país, o PT saltou de 19% em março de 2004 para 30% em outubro deste ano na preferência partidária da sociedade. Já a rejeição, caiu de 8% para 7% no mesmo período. Para 36% dos entrevistados, o PT é o partido que mais ganha importância política e possui lideranças fortes.A simpatia do povo brasileiro também é do PT, com cerca de 60%. O número também vem evoluindo. Em maio de 2008, eram 48% os entrevistados simpatizantes. Apenas 2% acreditam que é um partido com pouca força política.A atuação do partido nas questões econômicas e sociais também foi avaliada. Para quase 70% da população, o PT tem papel importante e colabora de forma efetiva no crescimento da economia brasileira. 66% dos entrevistados também se mostram confiantes sobre esse assunto e acham que a economia encontra-se em pleno processo de progressão. Para 59% tem expectativas bastante positivas também para os próximos meses.Os dados foram apresentados pelo presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini, que esteve presente na tarde de segunda-feira (14) na última reunião ordinária do ano do Diretório Estadual do PT de São Paulo.Após a apresentação, Berzoini fez uma análise da conjuntura política e ressaltou, sobretudo, a importância do arco de alianças tanto em nível nacional, quanto estadual a fim de que se consolide o projeto democrático popular colocado em prática pelo Governo Lula, com continuidade e aprofundamento das políticas implantadas.Apesar dos grandes desafios a serem superados em 2010, Berzoini se mostra confiante e destaca o potencial de crescimento do PT no Brasil, pela sua base e capilaridade conquistadas ao longo dos 30 anos e pela situação econômica e social favorável que se encontra o país, reconhecida internacionalmente.

Nenhum comentário: