sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Ana Júlia celebra 76 anos de Santa Izabel com casas, asfalto e unidade de saúde:

A festa de 76 anos de emancipação de Santa Izabel do Pará foi coroada pela entrega de 360 casas populares no residencial Jardim das Garças, de uma unidade do programa Saúde da Família totalmente equipada e por oito quilômetros de vias asfaltadas. A governadora Ana Júlia e o prefeito Marió Kató comandaram as inaugurações.

A unidade do programa Saúde da Família foi construída no bairro Miraí, com recursos de emenda parlamentar do deputado federal Asdrúbal Bentes. Os equipamentos foram comprados com recursos da Secretaria do Estado de Saúde Pública (Sespa), transferidos diretamente para o fundo municipal de saúde. Contando com atendimento em clínica médica, pediátrica, ginecologia e odontologia, a unidade está equipada para fazer exames preventivos do câncer do colo do útero e pré-natal.

O prefeito Marió Kató agradeceu a parceria do governo estadual. "Essa é a obra de um governo parceiro, que vem trazendo obras para o município de Santa Izabel", disse. A governadora destacou os investimentos feitos em saúde pública no estado. "A saúde pública do estado estava na UTI quando assumi o governo. Hoje podemos dizer que ela já recebeu alta, e estamos podendo vislumbrar as melhorias da saúde", disse a governadora.

"Repassar recursos em saúde diretamente para o fundo municipal é um compromisso assumido por mim em campanha", disse Ana Júlia. "Antigamente, os prefeitos precisavam posicionar-se ao lado do governo para celebrar convênios com a Sespa. Hoje, os prefeitos da oposição recebem recursos diretamente, porque eu não faço oposição ao povo que elegeu os prefeitos", complementou a governadora.

Asfalto - Após a inauguração da unidade de saúde de Miraí, a governadora visitou as ruas pavimentadas pelo programa asfalto participativo. Acompanhada do prefeito Marió Kató, do vice-prefeito Cosme Zacarias e do presidente da Câmara, Tony Lisboa, a governadora percorreu as ruas Matta Bacelar e São Raimundo, que receberam asfalto do programa Asfalto Participativo. Somadas as ruas pavimentadas no distrito de Americano, a cidade recebeu 8 kilômetros de pavimento.

Casas - O residencial Jardim das Garças, construído pela Companhia da Habitação do Estado, é o primeiro construído e entregue pelo Programa de Aceleração de Crescimento no Pará. As 360 casas entregues pela governadora nesta quinta são apenas a primeira fase do empreendimento. Mais 224 moradias do programa Minha Casa, Minha Vida estão sendo construídas para famílias com renda até 3 salários mínimos.

O programa lançado pelo Governo Federal em março de 2009 vai construir 50 mil casas populares no Pará, 20 mil delas para quem ganha até 3 salários mínimos. As 30 mil restantes serão feitas pela iniciativa privada, que também tem parceria com o Governo do Estado.

A moradia em ambiente tranqüilo e digno inclui sistema de abastecimento de água, energia elétrica, rede de drenagem, esgoto e iluminação pública. Todas as moradias têm sala, dois quartos, cozinha, banheiro interno, em 39 metros quadrados. Cada imóvel está avaliado em quase R$ 30 mil (R$ 29.875,22). Com a entrega dessas 360 unidades habitacionais em Santa Isabel, sobe para 1.197 o número de habitações entregues pelo governo do Pará nos últimos 12 meses.

Além da população que fez sua inscrição junto à Cohab, o Governo do Estado também deu um novo lar para 50 ex-servidores do município de Santa Isabel que estavam em situação de risco social. E ainda serão beneficiadas outras 71 famílias que viviam em precárias moradias em áreas alagadas.

A senhora Edileuza dos Reis recebeu as chaves de sua casa das mãos da governadora Ana Júlia. "Que Deus abençoe mais e mais a governadora, para que mais pessoas tenham o direito de morar dignamente, este residencial é uma benção de Deus para nossas vidas" disse.

A senhora Telma Maria Barros, conselheira do PTP, lembrou que as demandas do município aprovadas no PTP estão sendo atendidas pelo governo. "O asfalto participativo foi uma demanda do povo izabelense, e está sendo concluído com os 2 kilômetros em Americano, além das 400 Bolsas Trabalho, da escola profissionalizante e o ProJovem urbano", disse.

Paulo Afonso, membro do Confederação Nacional das Associações de Moradores, destacou a importância destes movimentos pela moradia na articulação do PAC e do programa Minha Casa, Minha Vida. E também destacou o cuidado do projeto com a urbanização, o saneamento, a prioridade dada às mulheres chefes de família e aos portadores de necessidades especiais.

A secretária de desenvolvimento urbano do estado, Sueli Oliveira, destacou a importância das ações de habitação, e a mudança que está sendo operada na realidade com a inversão das prioridades para dar direito às mães e às pessoas carentes. Sueli destacou que esta é uma política de governo. "Esta não é uma ação que está acontecendo somente aqui, mas nos quatro cantos deste estado", novas unidades estão sendo construídas em vários outros municípios", lembrou.

O prefeito Marió Kató saudou não apenas a inauguração do residencial, mas também o investimento em segurança e na juventude, que ele chamou de "obras sem placa". Segundo ele, esta política acabou com as gangues de rua da cidade e devolveu a tranqüilidade às praças da cidade, devolvendo-as as famílias izabeleneses.

A governadora lembrou que seus opositores a acusam de não ter obras para mostrar. "Se eles queriam cimento e tijolo, eis aqui uma obra que nossos opositores podem ver", afirmou. "Tenho vivido muitos momentos de emoção nestes últimos 3 anos, mas nos últimos tempos estamos colhendo os frutos da mudança que estamos implantando no estado", disse.

"A diferença entre nosso governo e os nossos opositores, é que eles acham que a pobreza é o destino de algumas pessoas, e não fizeram nada para alterar o destino das pessoas. Eu acredito que Deus não fez os homens e as mulheres para sofrer, portanto temos condições de mudar a vida das pessoas, e melhorar a vida de cada um de vocês", afirmou a governadora Ana Júlia.

Nenhum comentário: