segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Habitação de interesse social:

O governo do Pará está investindo em habitação para comunidades rurais, quilombolas e indígenas, com recursos do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social - FNHIS, do programa Subisídio à Habitação de Interesse Social - PSH, complementados pelas contrapartidas estaduais e pelo CrediCasa.O subsídio federal, mais o Credicasa e a contribuição dos municípios vão permitir que a casa fique muito mais barata, a ser paga em seis anos, com prestação que não comprometa a renda familiar. O governo estadual também firmou convênio com a Caixa para viabilizar contratos de outros programas (FNHIS e FGTS) quando o município estiver inadimplente com os tributos federais e por isso impedido de receber recursos federais. Também estamos oferecendo projetos de casas e assistência técnica para associações que captarem recursos federais diretamente.Até o momento, temos 15 mil unidades habitacionais contratadas através do PAC, metade de tudo o que a Cohab já havia feito em 40 anos de existência. Há outras contratações em andamento, como os 9 mil lotes da área já desmatada da fazenda Pirelli, em Marituba, as 1000 unidades a disposição dos programas antigos da Caixa, e das 51 mil unidades disponibilizada no novo programa. Antes de nossa gestão, esse déficit habitacional do Pará,(que atualmente é de 470 mil unidades) só aumentava, agora nossa meta é reduzi-lo em pelo menos 20%, através do trabalho conjunto de todas as esferas de poder público e do setor privado.

Nenhum comentário: