quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Safra de 2010 pode ser a segunda maior da história, aponta Conab:

A safra brasileira de grãos 2009/10 deve alcançar 141,35 milhões de toneladas, o que pode representar o segundo melhor resultado de todos os tempos no País. Isso é o que mostra o quarto levantamento de safra da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), anunciado nesta quinta-feira (7).

O desempenho é 4,6% superior, ou 6,21 milhões de toneladas a mais, do que as 135,13 milhões da temporada anterior. A maior colheita registrada até agora é de 144,1 milhões t, em 2007/08. Já em relação ao levantamento da Conab do mês anterior (140,60 milhões t), o crescimento é de 0,53%.

De acordo com os técnicos da Conab, a estimativa favorável pode ser atribuída às boas condições climáticas ocorridas durante o desenvolvimento dos grãos (algodão, arroz, feijão primeira safra, milho primeira safra e soja), nos meses de outubro a dezembro. Segundo a Conab, o plantio está praticamente concluído.

O aumento da produção é decorrência, principalmente, da recuperação das lavouras de milho primeira safra e da soja. Os técnicos explicam que essas culturas sofreram com a estiagem na safra passada, em particular nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul.

No caso específico da soja, a pesquisa confirma que a oleaginosa é a cultura que mais cresce no País, totalizando produção de 65,16 milhões t, 14% ou 7,99 milhões t a mais que as 57,17 milhões t produzidas em 2008/09. Conforme a Conab, se não houver alterações significativas no clima nos próximos meses, a produção de soja será recorde.

Outra cultura que registra crescimento, mesmo com redução de área, é o feijão primeira safra. A produção está estimada em 1,456 milhão de t, com aumento de 8,3% (111,1 mil t ante 2008/09), resultado da recuperação da produtividade prejudicada no ano passado pela estiagem, especialmente no Paraná.

Nenhum comentário: