quinta-feira, 4 de março de 2010

MENSALÃO DO DEM:Deputados acatam argumento da defesa de Arruda e adiam votação do impeachment.

Camila Campanerut
Do UOL Notícias
A Câmara Legislativa do Distrito Federal decidiu adiar --na sessão extraordinária na manhã desta quinta-feira (4)-- a votação sobre o impeachment do governador afastado e preso, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM). A votação foi remarcada para as 18h de hoje.Com a decisão, os deputados acatam a argumentação da defesa de Arruda, formalizada na tarde de ontem (3), que aponta a necessidade de realizar a votação 48 horas depois da publicação no Diário Oficial da Câmara Legislativa, na terça-feira, (2). A lei determina que a votação seja feita somente 48 horas depois da publicação do relatório no Diário da Câmara Legislativa.

Nenhum comentário: